segunda-feira, 27 de fevereiro de 2017

Anime - Haikyuu!!: Karasuno vs Shiratorizawa

YoooMosuka-san, tudo bem com você? 

Estamos terminando fevereiro e o carnaval está ai, e o volta as aula, que eu acho que já começou, bons tempos, adorava comprar os matérias escolares e deixava minha mãe doida, quem nunca (haha). 

Vamos de Haikyuu!! Hoje o anime de esporte mais falado do momento, como sabem que eu sou bem atrasada para ver as coisas pois eu não gosto de ver quando estão lançado, sou bem chata com isso, por isso que eu estou bemmm atrasada com One Piece, cuidado com os spoiler, venha conferi a sinopse:  


Shouyou Hinata, ao ver uma partida de voleibol, fica fascinado com “o Pequeno Gigante”, um habilidoso jogador de vôlei, então decide juntar-se ao clube de vôlei de sua escola, no entanto ele é o único membro do clube. Após 3 anos ele finalmente completa o time e ruma para a disputa do Torneio de Primavera. No entanto, seu primeiro oponente de cara é o preferido das finais. É neste momento que ocorre o encontro de Hinata com Tobio Kageyama, o “Rei das quadras”. Embora tenham perdido a partida, Shouyou ainda está determinado a tomar o título de Kageyama, e ser aquele que permanece na quadra. Ao entrar na escola secundária, ele surpreende-se ao ver que ele e Kageyama, antes adversários, estão agora na mesma escola e clube! (Fonte: Filmow) 

Haikyuu!!: Karasuno Koukou VS Shiratorizawa Gakuen Koukou, é a adaptação do arco do mangá do jogo da final entre Karasuno e Shiratorizawa do mangaka  Furutade Haruichifoi lançado no Japão no final de 2016 com 10 episódios de 24 minutos. O anime somente focado no jogo das duas equipes por isso é tem poucos episódios e que jogo. (haha 
Eu sempre preferi o vôlei do que o futebol, apesar de eu ser uma boa goleira, mas só jogava quando a professora mandava na escola, pois eu prefiro muito mais jogar vôlei, minhas aulas de educação física eram só vôlei, e eu não era boa de jogar, então eu era a ultima a ser escolhida #depreção, mas mesmo assim eu entrava em quadra empolgada (haha). Hoje em dia, eu não pratico nenhum esperte (esse ano eu vou fazer alguma coisa), mas quando esta passando jogos de vôlei na TV eu para e sento no sofá para assistir.  

Depois do jogo emocionante da temporada anterior com Aoba Josai, que mesmo sabendo que os Corvinhos iriam ganhar, eu ficar super ansiosa em cada jogada, e ficava torcendo a cada ponto. Na minha humilde e simples opinião o jogo da Aoba Josai foi muito mais empolgante do que contra a Shiratorizawa. Acho que como a segunda temporada se preparou toda para o jogo da Aoba Josai e teve muito mais desenvolvimento de personagens, eu fiquei muitas vezes pensando: Ahh, deixa a Aoba Josai ganhar eles se esforçaram tanto tambémA dupla Oikawa Tooru  e Iwaizumi Hajime, teve um peso muito grande no jogo, eles eram o time da Aoba Josai 
Na Shiratorizawa temos o Ushijima Wakatoshi, que é o time, todos jogam para ele e por ele também muitas vezes.  Os outros jogadores do time até tem algum desenvolvimento de personagem durante o jogo, mais não tão impactante, se algum deles estives na 2ª temporada com algumas cenas relevantes talvez teria mais algum apelo emocional para os fãs.  

Mas o jogo contra a Shiratorizawa tem muitos bons, também, no time do Karasuno, os corvos laranja (hehe), Tsukishima Kai é o que tem mais destaque, a evolução dele durante o anime é muito bem feita, quando ele consegue parar uma corto do Ushijuma é muito impressionante e a reação dele é muito vibrante, acho que leu o mangá esperou os episódios só para ver aquela cena.  
A dupla esquisita de Hinata Shouyou e Kageyama Tobio tem seus passes estranhos e muito divertidos, neste jogo diferente dos outros, apesar deles ainda dependerem um do outro (principalmente o Hinata) tem o inicio da indepedencia de cada um, jogando com outros jogadores e se fortalecendo em outras pontos do voleibol e tornando o time mais forte 
Todos os outros jogadores do Karasuno tem o seu devido destaque, todo o desenvolvimento para eles estarem na final é muito bem construído, e agora é esperar a próxima temporada e ver mais jogos empolgantes e ver o time de Karasuno chegar até o Nacional. Será?  
Mosuka-san espero que tenham gostado, me conte o que você achou do jogo. Bjokas e até a próxima!

quinta-feira, 9 de fevereiro de 2017

Livro - O Beijo da Meia-Noite - Livro 01 - Midnight Breed de Lara Adrian


Essas semanas estão sendo muito atribulada, aconteceu  muitas coisas, e não estou conseguindo ler muitas livros, mas esse é somente uns dos motivos de eu ter demorando a terminar de ler o livro de hoje.  

O Beijo da Meia-Noite é o primeiro livro da serie Midnight Breed da autora americana Lara Adrian lançado no Brasil pela Editora Universo dos Livros em 2011 com 400 paginas, no EUA já foram lançados 14 livros. O livro é um romance adulto hot, paranormal com vampiros. Cuidados com os spoiler. Veja a sinopse:   


Um estranho moreno e sensual a observava do outro lado da boate, e foi capaz de despertar as mais profundas fantasias em Gabrielle Maxwell. Mas nada a respeito desta noite – ou deste homem – é o que parece. Pois, quando Gabrielle presencia um assassinato nos arredores da boate, a realidade se transforma em algo obscuro e mortal. Nesse instante devastador, Gabrielle é lançada em um mundo que jamais imaginou existir – um mundo onde vampiros espreitam nas sombras e uma guerra de sangue está para começar. Lucan Thorne despreza a violência de seus irmãos sem lei. Ele próprio um vampiro, é um guerreiro de Raça, e jurou proteger sua espécie – e os humanos imprudentes com quem convivem – da ameaça crescente dos Renegados. Lucan não pode arriscar um relacionamento com uma mulher mortal, mas, quando seus inimigos escolhem Gabrielle como vítima, sua única escolha é trazê-la para o escuro submundo que comanda.  Aqui, nos braços do intimidante líder da Raça, Gabrielle enfrentará um destino extraordinário, repleto de perigos, sedução, e dos mais sombrios prazeres… (Fonte: Skoob
Eu já li anteriormente a primeiros livros da Serie IAN (Irmandade da Adaga Nega) da escritora J. R. Ward e não tem como não perceber alguns semelhanças do livro, muitas semelhanças, (Ele são uma raça de vampiros guerreiros que lutam para proteger seus semelhantes dos vampiros malvados, que querem dominar o mundo, com vários armamentos e tecnologia, esse é só um dos pontos) que me incomodaram um pouco no começo, mas no decorrer do livro a Lara Adrian conseguir dar uma distanciada da Serie IAN, até a diagramação é muito parecida, já que as duas serie são da mesma editora.  

Mas o ponto que destoa as duas serie é que a Lara descreveu a origem dos vampiros, acho que eu nunca tinha ouvido nessa teoria: vampiro ET. Serio? Eles vieram de outro planeta. Quando eu li isso minha cabeça quase bugouA raça veio de outro mundo, e escolherem a terra não sei porque (não foi explicado), e o único alimento que foi possível que eles consumissem foi o sangue humano. Depois dos meus neurônios voltaram ao normal, apesar e de  ter uma explicação bem rasa, essa é uma ideia muito diferente e pode ser muito explorada.  

Outro ponto que não foi muito explicado, são as companheiras de raça, que são humanas que podem gerar filhos dos vampiros e sempre vão nascer homens. Porquê? Como? Onde? É bem pouco abordado, só foi dito que era assim, e pronto. E como tem que ser forma um vínculo com o vampiros, a humana vinculada vai viver o tempo de vida que o vampiro viver sem envelhecer. Eu espero que no decorrer dos livros esses pontos sejam abordados e a suas explicações seja coerente com o universo de que a Lara está formando.  

Apesar dessas das semelhanças e das diferenças, eu achei esse livro muito chato! Sim, chato, eu não gestei da Grabrielle e muito menos do Lucan, que são os personagens centrais do O Beijo da Meia-Noite, eu achei que eles não tem química nenhuma,  não me envolveu, não fiquei comovida e não ganhou minha empatia. Os outros personagens também foram sem sal, eu não gostei de ninguém 
O Beijo da Meia-Noite não é um livro difícil de ler, ele tem as suas 400 ginas que faz todo o aproveitamento delas, mas realmente não me apeguei aos personagens, para mim tanto faz se eles iriam morrer ou não, se iram ficar juntos ou não, algumas partes eu achei muito forçado, os relacionamento da Gabby com o Lucan, Gabrielle tenta ser independente e forte, mais não sustenta por muito tempo essas característica, ela quer ser assim, mas não consegue e obviamente que quando conhece Lucan se derrete toda e ele é o homem mais incrível do mundo.  E Lucan mesmo com o seu corpo musculoso e torneado, sua voz sensual e as tatuagem brilhantes, não fui fisgada, desculpa ai. Há algumas cenas picantes entre Gabby e o Lucan, mas eu não achei nada de mais, sinceramente já li coisas mais eróticas.  Que mente perversa.  

Mas o que eu gostei mais ou menos no livro, ta sofrido hoje dizer algumas coisa boa, foi o vilão da história, que me parecer bem obvio quem era, mas tudo bem, mais sim, o jeito que ele quer que as coisas aconteçam, tudo bem que é clichê, dominar o mundo, trazer o caos e o medo. Pois bem, se ele tiver algum bom plano na cabeça e executar direitinho, tenho a expectativa de que iria ser um confronto muitíssimo interessante com os Guerreiros Vampiros liderados por Lucan, que no final do livro já percebeu que as cosias não iram ser muitos boas no futuro 
Eu já ouvi falar muito bem dos livros da Lara Adrian, mais realmente não sei se eu não estava num bom dia, mas eu não gostei do livro. Mas eu vou continuar a ler os próximos livros da série, porque eu acredito que o desenrolar da história vai acabar me prendendo ou algum personagem vai chamar minha atenção e eu vou querer saber o que vai acontecer durante a série 

Então é isso, sonhadores, espero que tenham  gostado do livro de hoje, me contém o que você acharam do livro.  

Bjokas e até a próxima!  

- Porquê? - perguntou ele, em tom acusador. - Porque está fazendo isso comigo?      Realmente não sabes? - ela aguentou o seu olhar furioso, suportando a raiva enquanto as gotas de sangue salpicavam uma trilha carmim pelo roupão branco. - Porque eu te amo, Lucan. E isso é tudo que tenho a oferecer.

 
Sonhos do Inverno Blogger Template by Ipietoon Blogger Template