domingo, 23 de abril de 2017

Livro - Dias Perfeitos de Raphael Montes

Dias Perfeitos - Raphael Montes
"As vezes, eu ajo como um louco, mas... Mas é que você mexeu muito comigo e... Não posso te perder. Você é a razão da minha vida"

Sonhadores, como vão vocês?  

Por Santa Catarina está passando um onda de ar frio, então isso quer dizer que a Duuda está muito feliz com o friozinho que esta chegando e comendo muito pinhão :)  

Abril está acabando, e tenho mais coisas para postar espero que de tempo. Hoje vamos conheceracho que é o primeiro livro brasileiro que eu trago para o blog. Que é um pouco triste, pois temos muitas coisas boas sendo lançado no mercado nacional. Como essa no eu quero sim incluir mais livros escritos por brazucas, na melhor que estrear com um dos gêneros que adoro: Thriller  

Dias Perfeitos é um livro único escrito pelo autor Raphael Montes, lançado em 2014 pela Editora Companhia das Letras, com 280 paginas, escrito em terceira pessoa. O livro é um thriller com um romance perturbador. Corações sensíveis, cuidado! Vai ter spoiller, confira a sinopse:   
Téo é um solitário estudante de medicina que divide seu tempo entre cuidar da mãe paraplégica e examinar cadáveres nas aulas de anatomia. Durante uma festa, ele conhece Clarice, uma jovem de espírito livre que sonha tornar-se roteirista de cinema. Ela está escrevendo um road movie sobre três amigas que viajam em busca de novas experiências. Obcecado por Clarice, Téo quer dissecar a rebeldia daquela menina. Começa, então, uma aproximação doentia que o leva a tomar uma atitude extrema. Passando por cenários oníricos, que incluem um chalé em Teresópolis e uma praia deserta em Ilha Grande, o casal estabelece uma rotina insólita, repleta de tortura psicológica e sordidez. O efeito é perturbador. Téo fala com calma, planeja os atos com frieza e justifica suas atitudes com uma lógica impecável. A capacidade do autor de explorar uma psique doentia é impressionante – e o mergulho psicológico não impede que o livro siga um ritmo eletrizante, repleto de surpresas, digno dos melhores thrillers da atualidade. Dias perfeitos é uma história de amor, sequestro e obsessão. Capaz de manter os personagens em tensão permanente e pródigo em diálogos afiados, Raphael Montes reafirma sua vocação para o suspense e se consolida como um grande talento da nova literatura nacional.


Eu não tinha lido nenhum livro de Raphael Montes, mas já tinha ouvido falar algumas coisas sobre ele, e fiquei interessada na sinopse do livro. Ganhei ele de aniversario do ano passado, Brigado Sammy 

Dias Perfeitos fui um livro diferente, eu não sei ainda se eu gostei ou não gostei do livro. Causou-me muita estranheza. Eu fiquei com muita raiva e angustia no decorrer do livro todo. Eu queria socar a cara do Téo e gritar com a Clarice. Queria fazer tudo diferente do que ocorreu.   
Se esse era o objetivo do autor, bom, deu certo. Essa estranheza, bizarrice que o Téo chamou de amor. Fez-me dar nó no estomago, me deu asco, minha boca sempre tinha um gosto amargo. Não me deixou feliz. E deferente do Diga aos Lobos que estou em Casa de Carol Rifka Brunt (postagem aqui), não me deixou triste. Me deixou com raiva e revolta.  Ora eu torcia para que a Clarice se livrasse do Téo e conseguir fugir outras vezes eu queria que o Téo desse um fim nela.  

O fato de ser em terceira pessoa e só focar no na visão do Téo e não ter da Clarice também, ficou muitas vezes na dubiedade, por que as vezes não dava para saber se a Clarice estava falando a verdade ou mentindo, se ela era uma garota sã e por causa da situação ele ficou desequilibrada, ou ela já era desequilibrada e com a situação ela piorou. Só temos os pensamentos do Téo achando o que a Clarice acha. Senti muito a falta do ponto de vista da Clarice, podeira ter sido explorado.
Eu achei Dias Perfeitos facilmente adaptável a um roteiro de filme, talvez por termos o roteiro do filme da Clarice. E o autor queria fazer uma alusão de que o livro também era um roteiro de cinema. 

O final eu achava que ou a Clarice ou o Téo iria morrer, porque a situação que eles estavam não teria um solução se um deles tivesse vivo. Claro que a Clarice iria contar para alguém o que aconteceu com ela, e mas é claro que o Téo não iria deixar ela contar, então a provável morte de alguém já tava na minha cabeça. Mas que chego ao final e ninguém morreu! E teve um grotesco feliz para sempre. 
Meu cérebro ainda não se recuperou ainda, foi realente surpreendente, durante o livro todo esse final não passou pela minha cabeça. Nunca mesmo. Por isso que ainda não sei dizer se gosto dele pele o seu final estranho ou se eu não gosto pelo seu conteúdo doentio e as varias cenas de abuso físico e mental. Dias Perfeitos é um livro que vai deixar você com um incomodo do incio a fim, com muita probabilidade de ficar o livro todo soltando muitos palavrões. 

Então, sonhadores, vocês já leram Dias Perfeitos, e se sentiram estranho ou só fui eu?  Me conta!

Bjokas e até a próxima!

"[...] Precisamos botar sentimentos inexplicáveis para fora, como quando morre aquela tia para que nunca ligamos e ficamos estranhamente tocados ao receber a noticia. Era preciso descontar em alguém, e ela descontava nele." 

5 comentários:

  1. Gostei muito da resenha, me fez sentir vontade e principalmente curiosidade para ler o livro.

    http://www.diferentesou.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, que bom que você gostou *--*
      Leia sim e se sinta estranha com essas historia de amor bizarra ^.~

      Bjokas ;)

      Excluir
  2. Deu vontade de ler depois dessa ótima resenha! Meu Deus, o que acontece? Hahahaha Preciso ler esse autor, acredito que devo gostar muito.

    blogabstraindoideias.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, que bom que você gostou :)
      O que acontece é surpreendente e arrasador! Segura o coração hahaha

      Bjokas ;)

      Excluir
  3. https://www.facebook.com/QualityByMaraCedro/videos/1567811976570689/

    ResponderExcluir

Olá Sonhadores! Que bom que você chegou até aqui, espero que tenha gostado da postagem! Quer me dizer o que achou? Eu vou ficar muito feliz.
Pode ser uma sugestão, uma critica, até mesmo um oi, não se sintam acanhados, deixe-me saber o que vocês estão pensando :)
Bjokas!

 
Sonhos do Inverno Blogger Template by Ipietoon Blogger Template