domingo, 16 de julho de 2017

Na Cozinha: Salada de Cenoura Rabanete e Shoyo & Acompanhamento de Omelete com Couve e Orégano

Olá Sonhadores, como vão vocês? 

Minhas férias estão chegando eu estou tão animada, e já fiz vários planos e sei que vou conseguir fazer metade das coisas que eu planejei, mas o que importa é que vou estar de férias (haha). 
Como eu disso outro dia, eu estou numa reeducação alimentar, então estou comendo melhor e coisas que eu nunca comi na vida, que são muitas coisas, a minha ingestão de carboidrato e açúcar é bem baixa, então eu tive que literalmente aprender como comer.   

Meu objetivo não perder sei  quantos quilos e ficar bem magra, mesmo porque, acho que  para isso eu não poderia comer nada, já que minhas opções de atividades físicas são um pouco limitas com uma perna só, e também como eu fiz quimioterapia, meu organismo é bem sensível, fico facilmente doente, então eu tenho que estar sempre bem alimentada.  

Por isso, comer de forma adequada que eu não tenha mais problemas no futuro, porque hoje eu posso estar com 24 anos, mais com todo meu historio medico, eu sei que vou ter muitos problemas enquanto eu estiver envelhecendo, eu uma deita saudável é umas das prevenções para ter uma vida melhor.   

Mais agora vamos ao que interessa, a receita do dia, meu pai tinha comprado rabanete e eu nunca tinha comido rabanete, então eu pensei: - O que eu vou fazer com Rabanete? Então eu fui procurar no Sr. Google, receitas com rabanete e encontrei o blog Cozinha Travessa, eu adorei o blog, tem muitas receitas gostosas e fáceis de preparar, essa receita em especial Salada de Cenoura, Rabanete e Shoyo,  eu tinha todos os ingredientes em casa, bem quase tudo, e fiz algumas adaptações com o que eu tinha na geladeira. E o complemento foi omelete com couve e orégano. 

Eu não sou lá uma chef de cozinha mais eu não morro de fome por isso (haha). Nesta receita eu utilizei a Panela Wok de teflon (o teflon que é bem mais fácil de cozinha para que não tem muito pratica), para fazer tanto a salada e o omelete, mais as duas podem ser substituídas por uma frigideira.  Para quem nunca comeu rabanete, tipo eu, ele tem um gosto um pouco ardidinho no final, por isso eu coloquei o tomate para tentar quebrar esse ardido. Agora os Ingredientes!  

Ingredientes:  

½ Rabanete  
1 Cebola  
1 Cenoura  
1 Tomate  
5 Dentes de alho  
5 ovos  
1 folha de couve manteiga
Pita de Orégano  
Azeite de oliva  
2 Colheres de sopa de shoyo 

Essa receita serviu 3 pessoas.

Mode de Preparo: 

Salada: 

1 - Pique o Rabanete e a Cenoura em palitos pequenos. Pique a Cebola, Tomate e os alhos em pedaços pequenos. 

2 - Na panela coloque um fio de azeite de oliva quando a panela estiver bem quente, acrescente o alho, cebola e o tomante. Frite até ficar perto de dourar. 

3 - Acrescente na panela a cenoura e o rabanete picado. Eu não deixei ele amolecerem, eles regoaram um pouco e junto com os outros ingredientes mais logo já tirei do fogo. Mas da para deixar ele ficarem mais molhinho. 

4 - Despeje o shoyo na panela e mecha algumas vezes e já esta pronto! 

Omelete: 

1 - Como eu usei a Wok, eu abri os ovos nela e bati eles na panela, mais para não ter problemas bater os ovos em uma vasilha até ficar homogêneo. 

2 - Fio de azeite de oliva na panela, depois que a panela estar bem quente. 

3 - Acrescente os ovos  logo em seguida coloque orégano a gosto e a couve manteiga picada.  

4 - Frite o omelete até que ele desgrude da panela e já está pronto! 


Sonhadores espero que tenham gostado da receita, irei trazer mais receitas agora que estou quase vivendo na cozinha (haha). 

Bjokas e até a próxima!

sexta-feira, 14 de julho de 2017

Dicas de Livros #02 - Todo Amor

Olá, sonhadores, como vão vocês?  

Hoje eu tenho mais dicas de livros para vocês, todos os livros que eu vou falar são livros que eu li online. Então se vocês gostar de algum, pode da uma procurada que você vai encontrar :)  
Como já sabem eu adoro um livro BL (Boys Love), que são historias românticas com dois meninos/homens se relacionando, todo o tipo de historia que vocês encontra com casais hetero também encontramos com casais homos.  Então vamos começar porque temos muitas livros bons para compartilhar e também temos momentos muito quente (heheMeu modo Fangirl vai ativar ;P 

Sticks & Stones  
A Serie Cut & Run (Traduzindo literalmente fica: Cortar e Correr) das autoras americanas Abigail Roux e Madeleine Urban, foi a melhor coisa que eu li durante muito tempo que eu leio BL, já li muita coisa ruim e estranha, mais estava procurando algum coisa que não fosse paranormal e que também fosse intenso. Ai achei Cut & Run, foi amor a primeira vista. Eu adorei o Primeiro livro (que leva o nome da serie), eu o segundo livro só tenho a dizer que o meu amor cresceu, Sticks & Stones (Traduzindo literalmente fica: Paus & Pedras) continua na mesma intensidade que o primeiro livro.  

Eu gosto muito da escrita das autoras você conhece cada detalhe dos personagens, você se importa e torce por eles. Ty e Zane são perfeitos e opostos um do outros, as suas diferenças, anseios e seus medos, eles tentam superar ajudando um ao outros, e claro que eles são muito,  muito quentes. Estou louca para ler os outros livros já foram lançados uns 8 livros se não me engano, então temos muito para amar . Essa é uma serie que vai ficar para sempre como minha favorita ♥ Recomendação: Você precisa ler esse livro. Não recomendado para menores de 18 anos, contem conteúdo erótico.  Segue a sinopse:  


Seis meses depois de quase perderem a vida para um serial killer em Nova York, os Agentes Especiais do FBI Ty Grady e Zane Garrett estão sofrendo por algo quase tão assustador: a monotonia do trabalho de escritório. Quando eles recebem ordens de tirarem férias para o bem da sanidade mental de todos, Ty cai na armadilha e leva Zane para sua casa em West Virginia, esperando que a paz e a tranquilidade das montanhas lhes deem a oportunidade de explorar a atração explosiva que eles vem sentindo até agora, e que estavam sendo incapazes de conciliar com sua parceria profissional. Ty e Zane, juntamente com o pai e o irmão de Ty, sobem até as montanhas Apalaches, em uma agradável e relaxante caminhada floresta adentro... onde ninguém vai ouvi-los gritar. Eles acabam encontrando e enfrentando o perigo em todos os sentidos: clima imprevisível, montanhas implacáveis, animais selvagens, outros alpinistas sem nada a perder, e o desafio mais aterrorizante de todos: um ao outro. (Fonte:  Skoob)   
Str8te Boys  
Eu já tinha ouvido falar bem de Str8te Boys da autora Evangeline Anderson, então eu fui da uma olhada para ver se eu gostava, comecei a ler e fui gostando do que estava sendo apresentado na historia. É um tipo Gay for You (traduzindo literalmente fica: Gay para você. Que significa que um dos personagens que não é gay, vamos dizer que "vira gay" pelo seu amor que é um homem, mas só por ele), mais a historia é bem contada e é gostoso se ler, tem cenas bem quentes mais não chega ser um erótico.  Não Recomendado para Menores de 18 anos, conteúdo adulto. Segue a sinopse:  


Até que ponto você se atreve a ir... para ganhar tudo? 
Maverick Holms e Duke Warren dividem quase tudo, a faculdade, um lugar na equipe de futebol, um apartamento e a mesma natureza extremamente competitiva. Graças a esse espírito que nunca diminui, eles estão prestes a compartilhar mais do que esperavam. 
O jogo é “galinha gay”. A regra: chegar o mais perto possível, sem beijar, e aquele que puxar longe primeiro é o perdedor. O problema: nenhum deles gosta de perder. Não demora muito, antes que o jogo se torne uma desculpa para tocar e beijar em todos os sentidos proibidos possíveis. E depois de posar para um site gay para ganhar dinheiro extra, as coisas realmente esquentam. 
De repente, Duke está falando de compromisso para a vida e Mav recua tão duro quanto pode, ele não tem certeza se está pronto para aceitar tudo que seu melhor amigo está lhe oferecendo. Ou a verdade sobre o que ele é. (Fonte: Rosas e Livros 

You Can See M 
You Can See Me (traduzindo literalmente fica: Você pode me ver) da autora A. E. Via, e neste livro para quem gosta se aguçar os sentidos temos um menage à  troisdinâmica do poliamor é sempre interessante já que você amar uma pessoa e viver com ela é difícil imagina ter duas. Alguns livros se perdem em mostrar como as três pessoas se sentem e vivem porque se não tomar cuidado uma delas vai ficar fora. Gostei muito do livro, o relacionamento foi desenvolvido com calma mesmo com todas as diferentes de cada um. Recomendo. Não recomendado para menores 18 anosconteúdo erótico. Confira a sinopse:  

Renomado chef mundial, Prescott Vaughan estava no auge de sua carreira. Logo antes de ele partir a Paris para trabalhar ao lado de seu ídolo, um acidente de carro horrível deixa-o completamente cego. Sua noiva abandona-o em um estado de desespero e depressão. Ele anseia pelo amor, companheirismo, e então acontece de encontrá-lo na forma de seu muito sexy vizinho. Sexy masculino vizinho, Dr. Rickson 'Ric' Edwards. Prescott não é gay ‒ pelo menos ele nunca se considerou gay ‒ até Ric salvá-lo a partir de um encontro, terrivelmente errado. Os dois vizinhos se deram bem rapidamente e não perdem tempo em explorar e aprender um do outro. As coisas estão muito bem até que Ric começa a ter suas dúvidas sobre encontrando Prescott muito carente. Quando Ric insiste que ele e Prescott tomem um fôlego, Pres encontra-se solitário e infeliz novamente. Entra, o acompanhante masculino e aspirante a chef, Blair McKenzie para preencher o vazio. Nesse meio tempo, Ric trabalha em seus problemas que o impedem de exibir o amor que ele sabe que tem por Prescott. Quando Ric está finalmente pronto e retorna para reivindicar Prescott, ele não tem certeza de que Pres pode deixar ir à gostosura sexy, sulista, que é Blair McKenzie. Depois de Ric ter seu próprio encontro pessoal com o homem pecaminosamente sexy, ele não pode evitar, mas tornar-se extasiado e ansiar mais também. Pres logo percebe que não há necessidade de escolher entre seus dois homens, porque quando os três finalmente ficam juntos ‒ pegue uma bebida fria ‒ porque o calor vai percorrer todo o caminho para cima! Este não é um típico romance ménage gay. Todo mundo não está feliz, pulando junto, e amando a vida. Estes homens estão na garganta um do outro. Eles vivem vidas completamente separadas; reclamam, xingam, e lutam até que todos eles percebem exatamente qual é o problema... Maldita demasiada tensão sexual. (Fonte: Skoob 
Rumpling Riley  

Rumpling Riley é o primeiro livro da serie Zero, Ohio da autora Virginia Nelson, eu também gostei muito do livro, pois temos um personagens com TOC, e ele tenta superar para conseguir ficar com o seu amor, mais poderia ter sido um pouco mais longo e detalhar mais sobre o desenvolvimento do casal. Não recomendado para menores de 18 anos, conteúdo adulto.  Segue a sinopse:  


Riley gosta de coisas certas. Ele aprecia a ordem, organização. Claro, ele quer encontrar o amor, mas ele fica para a cozinha, amando sua vida como um chef, onde ele pode medir com cuidado, tempo e controlar todas as situações. Basil Culver cresceu sozinho. Órfão, ele se recuperou de casa em casa e aprendeu em uma idade jovem a manter as pessoas à distância. Relacionamento significava eventual agonia, quando a pessoa infalivelmente o abandona. Melhor se viver cada momento, permitir que o caos do universo continue rolando. Quando esses opostos se chocam, voam faíscas. Como Basil conseguirá lençóis cuidadosamente dobrados ao amassar Riley? (Fonte: Skoob)  

Short Stories 

Shot Stories (Traduzindo literalmente: historias curtas) são pequenas historias relatando algum fato sem muitos detalhes, essas em especial são historias quentes e um pouco erótica em algumas delas. Não tem muito que falar, se você curtir algo rápido e sexy, leia algumas delas. Não Recomendo para menores de 18 anos, conteúdo adulto e erótico.  



Dual Rider primeiro livro da serie Hard Rides  dJ.N. Cara

Fim das Dicas de Livros de hoje, espero que vocês tenham gosta, alguém tem alguma dica de livros BL estou aberta a sugestões.

Bjokas e até a próxima!

 
Sonhos do Inverno Blogger Template by Ipietoon Blogger Template